28 de agosto de 2020

Como você deve escolher a melhor corretora para os seus investimentos?

por GEN.N&G

Uma das maiores dúvidas na hora de começar a investir é em relação a escolher a corretora de valores na qual você vai confiar seu dinheiro e seus investimentos. Existem dezenas de opções no mercado e cada dia surge uma com novas promessas e funcionalidades. Separei alguns pontos que você deve analisar e tomar cuidado na hora de escolher sua corretora de investimentos.

Eu gosto de dizer que a corretora funciona como se fosse um garçom para seus investimentos. Você vai escolher por meio dela os investimentos e ativos que deseja e ela fica encarregada de buscá-los e aplicar o seu dinheiro. Na grande maioria dos casos, o dinheiro investido não fica com a corretora, mas sim com outras instituições que têm diversas regras de segurança e proteção a seguir.

Como escolher a melhor corretora?

 

Fiscalização e alerta

 
No passado houve alguns problemas com corretoras, mas hoje é um mercado bastante regulamentado e seguro. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fiscaliza e alerta os investidores em relação a qualquer irregularidade encontrada nas corretoras.

Graças à grande concorrência entre as corretoras, existe preocupação delas em trazer o melhor serviço com o menor custo. Diversas taxas que eram cobradas deixaram de existir por causa dessa competição.

Diminuição de taxas

 
Hoje é muito raro encontrar corretoras que cobrem taxa para você investir em renda fixa. Até mesmo os grandes bancos estão deixando essa taxa de lado para evitar a perda de investidores para essas instituições. Se você encontrou uma instituição que foge desse padrão, o ideal é procurar outra.

Algumas corretoras deixaram de cobrar até mesmo a corretagem para investir em ações e fundos imobiliários, ótima notícia para quem tem pouco dinheiro para investir. Porém, o valor que você paga de corretagem não deve ser o único critério para escolher sua corretora.
Há algumas outras coisas que você precisa ficar ligado na hora de escolher a sua.

Objetivos

 
A primeira é: qual é seu objetivo com seus investimentos. Normalmente, cada corretora foca em um grupo específico de investidores. Algumas instituições focam em traders, ou seja, em investidores que se concentram em comprar e vender ações em curto espaço de tempo.

Geralmente essas corretoras têm taxas mais baixas para corretagem de ações ou até nem têm corretagem, mas a plataforma delas, ou seja, o home broker, é mais complicado de mexer. Não é porque você não paga para investir que significa que elas são boas. É como comparar a classe executiva com a econômica do avião, que sempre terá diferenças. Porém, se você investe menos de R$ 1.000 por mês, é interessante começar com essas instituições devido à não cobrança das taxas.

Disponibilidade de produtos

 
Outra diferença entre uma corretora e outra são os produtos disponíveis nelas. Existem algumas que destacam mais CDBs e renda fixa enquanto outras preferem renda variável e fundos. Existem aplicativos e sites permitem que você visualize os investimentos oferecidos pelas corretoras sem abrir conta.

Se você está perdido e não tem nem ideia por onde começar a procurar a corretora ideal para o seu perfil, vale a pena visitar o site do Tesouro Direto. Lá eles disponibilizam uma lista de todas as corretoras habilitadas pelo Tesouro Nacional, assim como as 10 corretoras que mais têm negociações de títulos do tesouro.

FONTE: UOL ECONOMIA

Quer saber mais sobre como escolher a melhor corretora? Clique aqui e conheça o curso online Finanças Pessoais!

 
Realizar um bom planejamento financeiro é parte importante e necessária de quem busca pagar as contas em dia e, mais que isso, fugir das armadilhas de juros, cartões de crédito, financiamentos, taxas extras e, claro, gastos desnecessários.

Você sabia que, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em setembro de 2019, 61,5% dos brasileiros tinham algum tipo de dívida e, destes, 24,5% estão inadimplentes? Se você se enquadra nessas estatísticas, Finanças Pessoais é para você!

Com o professor Samuel Durso, economista e mestre em ciências contábeis, este curso online explica como ter o controle do seu dinheiro.

Aqui você encontra:

  • Vídeos objetivos, permitindo uma aplicação prática;
  • Metodologia simples e acessível, proporcionando novas atitudes;
  • Download de planilha para praticar o controle orçamentário;
  • Certificado de conclusão do curso.

TIRA-DÚVIDAS:

 
Carga horária: 2h
Pré-requisitos para a realização do curso: Nenhum. O curso apresenta todos os conceitos que necessita para avançar no tema ao longo dos módulos.
Público-alvo: Todas as pessoas interessadas no tema.
Tempo de acesso: O acesso ao curso será liberado assim que houver a confirmação de pagamento e ficará disponível por 180 dias.
Certificado de conclusão? Sim.

Garanta já o seu Curso de Finanças!

 
newsletter

LEIA TAMBÉM

 

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • GEN.N&G
    GEN.N&G

    O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é um portal independente criado com o objetivo de fornecer conteúdo de autores renomados nas áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Educação e Finanças. Desta forma, estudantes, professores e profissionais encontrarão no portal uma fonte de conhecimento. As publicações são compostas por artigos, notícias, entrevistas, e diversos conteúdos para atualização acadêmica e profissional. O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é uma iniciativa da Editora Atlas - GEN | Grupo Editorial Nacional.