10 de setembro de 2018

A importância do comportamento organizacional nas empresas

por Patricia Itala Ferreira

Hoje vou falar sobre comportamento organizacional nas empresas. Já ouviu falar? Quem pretende trabalhar em uma organização, seja ela do primeiro, do segundo ou do terceiro setor, precisa entender alguns fundamentos do comportamento humano.

Até quem quer ter seu próprio negócio e empreender, irá se beneficiar por conhecer mais sobre esse tema. Mas por que tratar sobre comportamento humano se estou falando sobre comportamento organizacional? Porque o comportamento organizacional representa o somatório dos comportamentos de todos os integrantes da organização. Compreende? Assim sendo, é importante compreender pelo menos os conceitos básicos da ciência que estuda o comportamento humano, a psicologia, para melhor compreender o comportamento das pessoas em uma organização.

A motivação como fator de desenvolvimento do comportamento organizacional nas empresas

Dentre vários conceitos relevantes está o de motivação, cujo ciclo pode ser descrito, de forma simples, pela imagem que segue:

A importância do comportamento organizacional nas empresas

– Será que o mesmo estímulo provoca o mesmo comportamento em diferentes pessoas?

– Será que o mesmo estímulo provoca o mesmo comportamento na mesma pessoa ao longo do tempo?

Acredito – como diversos autores – no conceito de motivação intrínseca. Um hambúrguer, por exemplo, pode te atrair ou repelir, dependendo se você está faminto ou se acabou de comer um banquete. O estímulo é o mesmo, mas seu comportamento vai variar na dependência da situação.

Qualquer pessoa que tem como uma de suas tarefas administrar recursos humanos sabe que os indivíduos são diferentes, em termos de necessidades, estímulos relevantes e comportamentos. Isso ocorre por diversos motivos, como, por exemplo, traços de personalidade específicos de cada um. Trata-se de um desafio para qualquer líder, o maior desafio de todos, acredito eu.

A personalidade representa o conjunto de padrões de comportamento e atitudes típicas de determinado indivíduo, sendo relativamente constantes em cada pessoa. Diversos modelos, no campo da psicologia, estudam a personalidade, como, por exemplo, o Modelo dos cinco grandes fatores (Big Five) que é uma teoria explicativa e preditiva da personalidade humana. Existem diversas escalas para aferição da personalidade aprovadas pelo Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos.

– Você já pensou sobre seu comportamento, nos estímulos que te mobilizam para ação?

– E já se perguntou sobre como sua personalidade impacta sua relação com os demais, dentro e fora do ciclo profissional?

-Percebe como isso é importante para sua vida?

Quer entender um pouco mais sobre o assunto? Na videoaula Psicologia Aplicada à Administração apresento esse e outros assuntos relevantes para alunos de psicologia, administração, empreendedores e líderes de uma forma geral.

 

Gostou das dicas sobre comportamento organizacional nas empresas? Então não esqueça de assinar nossa Newsletter para receber mais informações no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

 

Tags: , , , , , ,
  • Patricia Itala Ferreira
    Patricia Itala Ferreira

    Concluiu em 1993 a graduação em Psicologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e, posteriormente, em 1997, tornou-se Mestre em Administração de Empresas pela mesma universidade. Há mais de 20 anos atua em projetos de consultoria em gestão de pessoas e educação corporativa. É professora da PUC-Rio, em cursos de graduação e pós-graduação, nas modalidades presencial e a distância. É também tutora da FGV Online e da pós-graduação em Gestão da Educação a Distância na UFF e da pós graduação em educação empreendedora, uma parceria do Departamento de Educação da PUC Rio com o SEBRAE. Autora dos livros Clima organizacional e qualidade de vida no trabalho (GEN | LTC, 2013), Atração e seleção de talentos (GEN | LTC, 2014), Gestão por competências (GEN | LTC, 2015) e Comunicação Empresarial (Atlas, 2016), em parceria com Gustavo Malheiros e do curso online Psicologia Aplicada à Administração (GEN | Atlas, 2018). Finalista do Prêmio Ser Humano da ABRH 2014 e ganhadora da premiação em 2015 e 2016 na categoria trabalhos acadêmicos.