3 de janeiro de 2019

Crimes digitais: perda de controle e segurança

por GEN.N&G

Ao mesmo tempo em que as plataformas digitais favorecem o controle, no sentido mais amplo, com foco em inteligência informacional, por outro lado esse mesmo ambiente pode permitir manipulação mal-intencionada, como os crimes digitais. O assunto é abordado no livro Você, Eu e os Robôs, confira:

Casos reportados de invasão de contas, páginas e perfis em redes sociais, apropriação indevida de dados, manipulação de imagem, entre outros, alertam para a ameaça que o ambiente digital pode trazer para qualquer pessoa, grupo, instituição ou país. Essa questão tem ganhado tanta importância que alguns países estão treinando seus adolescentes para a ciberguerra.

Especialistas acreditam que as guerras no futuro serão cada vez mais cyberwars. Um dos primeiros casos que trouxe à tona a discussão mais séria sobre a segurança digital de governos foi o WikiLeaks, em 2012, em que vazamentos de informações sigilosas de diversos países causaram um escândalo internacional, originando discussões, reflexões, opiniões divididas e alerta sobre a questão.

Crimes digitais: perda de controle e segurança

 
A manipulação do sistema informacional digital pode afetar também indivíduos, e não apenas países e grandes corpProrações. Na Campus Party Brasil 2012, em uma palestra, foi gerada intencionalmente a falsa notícia da morte do “Seu Barriga”, personagem do seriado mexicano Chaves, com o intuito de causar repercussão na rede, como um experimento para verificar a sua penetração e impacto. Essa notícia virou um fenômeno mundial, ou seja, a palestra “matou” o “Seu Barriga”.

Outros casos de manipulação intencional de informação alheia ao longo dos anos justificam uma atenção maior com tema da segurança. Por exemplo, em 2013, a equipe do site BuzzFeed conseguiu simular a morte de um usuário no Facebook, gerando um memorial para ele, e deixando-o sem ter como entrar na própria conta. A penetração e hibridização das tecnologias digitais no mundo físico também amplia as possibilidades de obtenção e uso de informações de formas inéditas, lícitas ou não. Um exemplo disso são os drones, que se popularizaram com todos os tamanhos, preços e configurações, dando acesso inusitado tanto a informações públicas quanto privadas.

Crimes digitais: perda de controle e segurança

Foto: Istock/Getty Images

Por exemplo, um drone pode sobrevoar a cidade (espaço público) e colher informações em tempo real sobre enchentes, plantações, trânsito e infrações. Por outro lado, em setembro de 2017, uma quadrilha foi presa em São Paulo praticando furtos por meio da utilização de um drone, que entrava previamente nas residências para “ver” movimentação e objetos disponíveis para roubo, acessando, portanto, informações consideradas privadas.

A ficção também tem discutido a questão da manipulação da informação e suas consequências tanto nas vidas dos indivíduos quanto em nações. O filme Controle absoluto, de 2008, discute o controle da sociedade pelos computadores. Esse filme foi baseado num conto de Isaac Asimov publicado em 1958, intitulado Todos os problemas do mundo. Outros filmes recentes que também levantam a questão da manipulação da informação e sistemas digitais são Duro de Matar 4.0 e Ultimato Bourne, ambos de 2007, e o recente Invasão de Privacidade, de 2016, que aborda a segurança da informação no caso de casas inteligentes se utilizando de sistema de Internet das Coisas.

Internet das Coisas

 
Conforme o mundo fica mais conectado por meio das tecnologias e sensores da Internet das Coisas, maior o fluxo de dados e informações circulando, colocando em risco a segurança de informações sensíveis, como dados privados e controle do ambiente. Por exemplo, ao mesmo tempo em que um carro conectado com a internet se torna mais inteligente em termos de cálculo de rotas, ele pode ser hackeado para inserção de caminhos maliciosos que levem o seu dono a uma situação de assalto.

O mesmo sistema que permite que um veículo seja autônomo e não necessite de motorista humano pode ser invadido para causar a morte do seu tripulante. Casos de invasão de carros já são reportados e empresas de segurança para carros autônomos têm surgido no mercado.

Carros, no entanto, são apenas uma das infinidades de coisas que estão ficando cada vez mais conectadas, e que, portanto, passam a correr cada vez mais riscos de segurança digital.

Gostou das informações sobre crimes digitais? Então não se esqueça de assinar nossa Newsletter para receber mais dicas no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

Mais conteúdo no livro Eu, Você e os Robôs 

Tags: , , , , , , , ,
  • GEN.N&G
    GEN.N&G

    O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é um portal independente criado com o objetivo de fornecer conteúdo de autores renomados nas áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Educação e Finanças. Desta forma, estudantes, professores e profissionais encontrarão no portal uma fonte de conhecimento. As publicações são compostas por artigos, notícias, entrevistas, e diversos conteúdos para atualização acadêmica e profissional. O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é uma iniciativa da Editora Atlas - GEN | Grupo Editorial Nacional.