22 de janeiro de 2019

Manual de Contabilidade Tributária: dicas em vídeo com Paulo Henrique Pêgas

por Paulo Henrique Pêgas

O Manual de Contabilidade Tributária chega à sua 9ª edição totalmente renovado, trazendo a integração da complexa legislação tributária brasileira com a contabilidade moderna, adaptada às normas internacionais.

Além de apresentar os aspectos mais relevantes dos principais tributos no Brasil, procurando expor a fundamentação legal de cada imposto e de cada contribuição, a obra traz também explicações sobre como fazer os cálculos, por meio dos muitos exemplos numéricos propostos.

A divisão dos 40 capítulos em 8 partes teve como objetivo didático organizar os conteúdos, para facilitar a decisão sobre a sequência de leitura.

Confira as dicas em vídeo com Paulo Henrique Pêgas e saiba mais sobre o Manual de Contabilidade Tributária:

 
Neste capítulo da obra Manual da Contabilidade Tributária, Paulo Henrique Pêgas apresenta o modelo tradicional da DRE e suas principais mudanças a partir de 2010. No vídeo, o autor mostra como é apresentado hoje o resultado das grandes empresas: faturamento, receita bruta, receita líquida, entre outros:

No próximo vídeo, você vai saber mais sobre ICMS DIFERIDO – os tributos diferidos pelo consumo. O autor apresenta o que está impresso no livro, com exemplos práticos e explicações detalhadas para quem ainda apresenta dúvidas sobre o tema:

O capítulo 9 aborda o ajuste da depreciação na Adoção inicial da Lei nº 12.2973/14. Com exemplos práticos e fáceis de serem entendidos, o autor comenta sobre as diferenças entre a contabilidade moderna durante o RTT e a contabilidade tradicional, que eram ajustadas no F-CONT, sem passar pelo LALUR.

No vídeo a seguir, Pêgas fala sobre o ICMS e o modelo de ST (Substituição Tributária). Com o objetivo de combater a sonegação e “simplificar” o processo, o legislador criou o modelo de substituição tributária do IMCS, sendo o principal a cobrança “PRA FRENTE”:

No próximo vídeo, o autor comenta a decisão do STF em retirar o ICMS das bases de PIS + COFINS. Pêgas explica o contexto do recurso e comenta as possibilidades dessa decisão para o ano 2019:

O capítulo 20 fala sobre a tabela da distribuição das empresas conforme a forma de tributação sobre o lucro. A tabela mais atualizada data de 2013 e, no vídeo, o autor explica como se tributa o lucro no Brasil e relembra o que é MEI, SIMPLES, Lucro Presumido e Lucro Real:

No capítulo 27, Paulo Henrique Pêgas comenta sobre os ajustes nos incentivos fiscais, especialmente na seção de Cultura, como a Lei Rouanet e a Lei do Audiovisual. Para quem tem dúvidas sobre as mudanças dessas leis, o autor explica quais foram as principais modificações e no que elas implicam:

No último vídeo, o autor fala sobre a complexidade do SIMPLES, um detalhe que poucas empresas observam. Pêgas afirma que o SIMPLES NACIONAL é uma ótima ideia, pois junta diversos tributos em um único recolhimento. A partir disso, exemplifica quais detalhes específicos devem ser observados e como calcular os tributos:

Gostou das dicas do livro Manual de Contabilidade Tributária? Então não se esqueça de assinar nossa Newsletter para receber dicas no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

Manual de Contabilidade Tributária: dicas em vídeo com Paulo Henrique Pêgas

Tags: , , , , , , , ,
  • Paulo Henrique Pêgas

    É contador, atuando profissionalmente na área contábil-tributária há 30 anos, principalmente em instituições financeiras. Professor titular da disciplina Contabilidade e Planejamento Tributário no curso de graduação em Ciências Contábeis do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC-RJ). Nos cursos de pós-graduação, atua também no IBMEC-RJ, na Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI-SP) e na Universidade Candido Mendes (UCAM), em parceria com o Instituto de Pesquisa e Estudos Contábeis (IPECRJ).