31 de janeiro de 2017

Por que precisamos de mentores e coaches?

por Arnaldo Marion

Você já ficou confuso entre a diferença entre mentores e coaches? Se sim, você não é o único. Afinal há uma série de sobreposições na técnica aplicada por ambos e no que consiste um processo de Mentoring e de Coaching.

Ambos se utilizam basicamente de perguntas e ambos estão essencialmente dedicados a escolhas presentes que influenciarão resultados futuros. Ademais é comum vermos Coaches agindo como Mentores e Mentores como Coaches. Apesar da semelhança, em essência Mentores e Coaches operam, ou deveriam operar, de forma diferente e complementar. Veja na tabela abaixo:

Diferenças entre mentores e coaches:

 

Em essência, precisamos de ambos, talvez em épocas diferentes de vida. A confusão se instala quando busca-se Coaching em um processo de Mentoring ou quando busca-se Mentoring em um processo de Coaching.

Do lado do Coach, isso ocorre especialmente quando este não está suficientemente treinado para guiar o Coachee, sem oferecer seus conselhos, ou ainda, quando o próprio Coachee busca um certo conhecimento que o Coach dispõe e espera ser guiado, ao invés de desafiado a criar suas próprias soluções.

Mentores também estão sujeitos a certos desvios, especialmente quando estes apegam-se a sua própria experiência, inibindo o mentoriado a pensar e concluir por si mesmo, ou ainda quando o mentor não tem uma boa resposta ao mentoriado, mas oferece uma apenas para parecer prestativo.

Por fim, clareza é poder. Papéis claros e expectativas bem alinhadas tornam tanto o processo de Mentoring quanto de Coaching altamente frutíferos e eficazes, podendo gerar complementações vantajosas na jornada e no desenvolvimento de alguém.

Gostou das dicas sobre coaching? Então não se esqueça de assinar nossa Newsletter para receber dicas no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Arnaldo Marion
    Arnaldo Marion

    Estrategista em Desenvolvimento Pessoal e Profissional. CEO da Coaching 4 Change LLC, Texas (EUA), uma empresa de tecnologia, treinamento e formação em coaching, atua também como membro do Conselho Diretor do Instituto Marion. É professor e membro do Conselho Consultivo do programa de MBA da Anderson University, Carolina do Sul (EUA), e instrutor da Small Business Development Center, da University of Texas at San Antonio (UTSA), também no Texas (EUA). Serviu por dez anos na indústria bancária e financeira, ocupando diferentes posições em diversas organizações, como Arthur Andersen e ABN AMRO Bank. Formado em Administração, com MBA em Governança e Avaliação de Empresas e Mestrado em Administração pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), é coach certificado pela Florida Christian University (FCU) e Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico (Febracis), com aperfeiçoamento na Creative Results Management. É autor de livros em temas de negócios e espirituais.