8 de janeiro de 2020

O que faz um bom professor

por Jeronimo Mendes

Existem três coisas importantes para a construção de um bom professor. É um misto de técnicas, formação adequada, experiência e insights que são construídos na medida em que você vai somando horas e horas de sala de aula.

É algo parecido com as 10 mil horas de treinamento sugeridas por Malcolm Gladwell em seu best seller Fora de Série (Outliers), uma leitura proveitosa e muito agradável. Porém, isso demora, motivo pelo qual desejo compartilhar algo que aprendi com amor e com a dor, ou seja, por meio da experiência, alguns cursos avançados de metodologia e muita pesquisa sobre o assunto.

O que faz um bom professor?

 

1. Formação adequada: você consegue ser muito mais efetivo quando a formação básica na disciplina ajuda. A titulação conta muito e se você se dedicar ao assunto, mais do que se dedicou na universidade, melhor ainda. A tendência é fortalecer o conhecimento ao longo do tempo com outros cursos e especializações.

2. Teaching: o saber ensinar, o jeitão do mestre, metodologia, preparação antecipada, domínio do assunto, a facilidade de se comunicar, a oratória, a interação em sala de aula por meio de discussões em grupo, trabalho em equipe, ferramentas, vídeos etc. Os adultos aprendem de maneira diferente, ou seja, fazendo e não apenas ouvindo.

3. Experiência no assunto: é a prática consistente do mestre que ajuda a transformar o conhecimento teórico em ensino de qualidade. Ler um livro e despejar o conteúdo em sala de aula é fácil, mas o que vai fazer a turma absorver a teoria e colocá-la em prática é a aplicação pura e simples daquilo que você transmite e aplica na sua própria vida profissional.

Ensinar adultos é um desafio considerando que vivemos numa sociedade altamente seletiva, hiperssimplificada e hipercomunicativa. Portanto, para concorrer com Twitter, WhatsApp, Facebook, LinkedIn, Instagram, MSN e tantos outros “roubares de tempo” em sala de aula, você precisa ser mais rápido, mais interessante e mais efetivo do que eles.

Aqui vão algumas sugestões de leitura para quem deseja se aprofundar no assunto e se tornar um verdadeiro mestre na arte de ensinar:

1) Aprendizagem de Resultados / Malcolm Knowles;
2) O Livro Verde da Persuasão / Jeffrey Gitomer;
3) 99 Calamidades em Sala de Aula e como evita-las / Tabatha Rayment;
4) A Arte do Encantamento / Guy Kawasaki;

Espero que isso lhe ajude a se tornar um mestre mais efetivo e mais querido por onde passar. Procure o caminho da maestria, não apenas porque precisa de algumas aulas para complementar a renda, mas porque você ama esse negócio de ensinar e isso, meu amigo, faz uma diferença enorme em sala de aula e na vida dos seus alunos também.

Pense nisso e seja um mestre por excelência!

Mais conteúdo no livro Empreendedorismo 360

Gostou do tema? Então aproveite e assine nossa Newsletter para receber mais informações no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

 

Tags: , , , , , , ,

Uma resposta para “O que faz um bom professor”

  1. Avatar Marcio Fernando Alves de Santanam disse:

    São orientações muito importante para quer se torner um bom mestre, todo aquele que quer seguir esse oficio deveria ter essas bibliografias em sua biblioteca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Jeronimo Mendes
    Jeronimo Mendes

    É graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Logística Empresarial e Mestre em Organizações e Desenvolvimento Local pela UNIFAE Centro Universitário, Curitiba/PR. Especialista em Processo de Consultoria pelo Instituto de Estudos Avançados (IEA-SC), consultor organizacional para empresas de médio e grande porte, professor universitário de várias instituições de ensino para cursos de pós-graduação e MBA. Certificado em Executive Coaching pelo ICI Integrated Coaching Institute, de São Paulo, e possui mais de 35 anos de experiência em grandes empresas como Klabin, Brahma, Texaco, Volvo, CSN e Consult Consultoria Empresarial. Dedica-se atualmente a coaching, consultoria, palestras e treinamentos por todo o país. É autor de quatro livros publicados no Brasil e no México e coautor de outros dois sobre liderança e desenvolvimento sustentável.