31 de março de 2020

Os principais métodos de avaliação de estoques

por Mauro Stopatto

Quais os principais métodos de avaliação de estoques existentes? Começamos apresentando o método (PEPS) ou primeiro que entra, primeiro que sai. Na sigla inglesa FIFO (first in, first out). Com esse método, os estoques são avaliados pelos custos de aquisição mais recentes. Esse método também se caracteriza tendo as baixas das matérias-primas dos estoques realizadas pelo custo mais antigo, sendo as matérias-primas do estoque avaliadas a custos mais recentes.

Por esse método, em períodos inflacionários, aumenta o valor dos custos dos estoques, enquanto o custo das vendas fica defasado. Com isso, tem-se o um aumento no lucro. A utilização desse método na avaliação dos estoques gera obrigações fiscais mais elevadas em função desses lucros maiores.

Apresentamos também o método UEPS (último que entra, primeiro que sai), conhecido na língua inglesa como LIFO (last in, first out). Com esse método, os estoques são avaliados em valores mais reduzidos. Procede-se as baixas das matérias-primas dos estoques pelo custo mais recente, sendo as matérias-primas permanentes no estoque, avaliadas pelos custos mais antigos. Temos então que a avaliação pelo UEPS em períodos inflacionários avalia os estoques com valores reduzidos e custos dos produtos vendidos elevados, reduzindo dessa forma o lucro.

Motivo esse tal metodologia não ser aceita para fins fiscais em virtude dos menores impostos gerados. Outro método de controle de estoque que podemos utilizar é o método do preço médio. Através desse método, a avaliação é efetuada pela média ponderada móvel ou pela média ponderada fixa.

Com o método ponderado móvel, o estoque é avaliado, a cada entrada por custo diferente do custo médio anterior que altera esse custo médio, e cada saída, embora não altere o custo médio, altera o fator de ponderação. Com o controle de estoques pelo método da média ponderada fixa os materiais consumidos são baixados ao custo médio do final do mês ou período, onde o lançamento de baixa é feito unicamente no final do mês ou período avaliado.

Mais conteúdo no livro Contabilidade de Custos

Quer saber mais sobre temas similares? Assine nossa Newsletter e receba mais informações no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM:

Tags: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Mauro Stopatto
    Mauro Stopatto

    É consultor financeiro e acadêmico, Mestre em Administração de Empresas pela Fundação Centro Universitário Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP-SP), Especialista em Métodos Estatísticos Computacionais pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF-MG) e graduado em Administração pela Universidade Federal de Viçosa (UFV-MG). Tem experiência como autor de livros técnicos, parecerista, revisor técnico, revisor metodológico, consultor em assuntos regulatórios, coordenador de cursos superiores, professor de graduação, pós-graduação e MBA. Oficial (R2) da reserva do Exército Brasileiro, com atuação em grandes organizações públicas e privadas.