25 de junho de 2021

Quanto custa aplicar no marketing digital?

por Edmir Kuazaqui

“Quanto custa aplicar no marketing digital?” Podemos mudar a pergunta? Quanto custou para você, como pessoa física, para se inserir nas redes sociais? Questões relacionadas aos custos se relativizam conforme os interesses e motivações endógenas das pessoas, vislumbrando os resultados (onde se deseja chegar, usufruindo dos benefícios a serem realizados) sem se preocupar racionalmente com os custos envolvidos, como o dinheiro e tempo.

A partir de estar inserido nas redes sociais, pessoas procuram se atualizar e a repetição de atividades e tarefas, que se tornam hábitos, como consultar as redes sociais já no início do dia. Então, nesse exemplo, não temos uma avaliação mais racional de custos, mas o atendimento de dúvidas para se inserir dentro de um novo contexto e cenário, neste caso focado no marketing tecnológico.

Lógico que quando pensamos num reposicionamento corporativo, de uma cultura off-line para on-line, temos de racionalizar o processo, no sentido de saber por que razões as empresas necessitam dessas mudanças e transformações, objetivos estratégicos, bem como a análise da relação custo-benefício. Preferencialmente as decisões não podem ser aleatórias, embora não sejam sustentadas somente por questões materiais, envolvendo um certo nível de intangibilidade e por que não dizer emoções por se tratar de Marketing?

Um termo mais adequado pode ser “Investimento”. O detalhe é que toda vez que se utiliza esse termo, estamos referenciando à algum tipo de retorno, geralmente econômico e/ou financeiro. Desta forma, o conceito pode ficar restrito e por vezes “amarrado” a mensurações que podem nocautear as estratégias antes de serem implementadas, ou mesmo não trazendo as metas desejadas, por interpretações

Soluções e Resultados. A obra “Gestão de Marketing 4.0. Casos, Modelos e Ferramentas” da Editora Atlas, procura provocar discussões e reflexões sobre o Marketing Digital, de forma profissional e, ao mesmo tempo, de contribuir com as premissas e convicções de pessoas criativas, empreendedoras e inovadoras. Finalmente, vale lembrar um velho ditado: “Não sabendo que era impossível fazer, ele foi lá e fez.”

Mais conteúdo no livro Gestão de Marketing 4.0

LEIA TAMBÉM:

 

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Edmir Kuazaqui
    Edmir Kuazaqui

    Doutor e mestre em Administração. Coordenador dos MBA’s em Administração Geral, Marketing internacional e Formação de Traders, Pedagogia Empresarial, Compras, Startups: Marketing e Negócios, Comunicação e Jornalismo Digital da Universidade Paulista (UNIP). Professor da ESPM. Coordenador do Grupo de Excelência em Relações Internacionais e Comércio Exterior do CRA/SP. Consultor Presidente da Academia de Talentos. Autor de livros. E-mail: ekuazaqui@uol.com.br / www.academiadetalentos.com.br