30 de outubro de 2019

Resenha: Administração de cadeias de suprimentos e logística

por GEN.N&G

Ao trabalhar rigor conceitual, aplicabilidade prática e tendências tecnológicas, Administração de Cadeias de Suprimentos e Logística – Integração na Era da Indústria 4.0 apresenta diversos casos, exemplos e exercícios não apenas em empresas brasileiras, mas também em situações internacionais. Junto com o livro, você ainda confere videoaulas exclusivas de Henrique Luiz Corrêa que abordam tópicos importantes do assunto.

Visando preparar o leitor para os desafios de gerenciar cadeias de suprimentos no mundo globalizado, este livro trata com profundidade e praticidade temas atuais, como Indústria 4.0, gestão de riscos, sustentabilidade, gestão de logística reversa, global sourcing, avaliação de desempenho, gestão de relacionamentos com fornecedores e clientes, coordenação de estoques, análise de processos e gestão de demanda.

Por que ler Administração de Cadeias de Suprimentos e Logística?

 

A administração de cadeias de suprimentos continua no topo da agenda dos principais executivos na maioria das empresas, sejam fornecedoras de bens ou de serviços. Para muitas dessas empresas, a cadeia de suprimentos é o aspecto individual operacional mais poderoso na obtenção de vantagens competitivas nos mercados globais, assim como no aumento de lucratividade e crescimento.

Hoje, é insuficiente para uma empresa buscar excelência apenas em suas operações internas. Nenhuma operação terá sucesso competitivo sustentável se suas parceiras na cadeia de suprimentos não estiverem sinergicamente integradas, coordenadas e trabalhando com o propósito comum de atender com excelência aos mercados visados, principalmente em uma época em que a Indústria 4.0 firma-se como poderosa tendência.

Prefácio da obra

 

Há mais de 20 anos tenho focalizado meu interesse e dedicação acadêmica na pesquisa e, principalmente, no ensino de administração de cadeias globais de suprimentos em cursos de educação executiva, pós-graduação stricto sensu e MBA, primeiro na EAESP/Fundação Getulio Vargas (onde introduzi a disciplina de Gestão de Cadeias de Suprimentos, em torno de 1998), na FIA/USP e na Fundação Dom Cabral e, posteriormente, na Crummer Graduate School of Business, Rollins College (www.crummer.rollins.edu), onde hoje sou o Steinmetz Professor of Operations Management, e na Escola de Gestão da Universidade do Porto, Portugal, na MIP Business School (Politecnico di Milano) e na IPADE Business School, no México, onde sou professor visitante, ministrando cursos anualmente, além de ajudar grandes empresas, como Unilever, Diageo, Ferrero, Beiersdorf, Pepsico, General Motors, Embraer, entre outras, na gestão de suas cadeias.

Ao longo desse período, tenho procurado, de forma contínua e cuidadosa, selecionar e desenvolver os materiais mais atualizados e os métodos, casos, jogos de empresa e ferramentas mais adequados ao ensino do tema, utilizando as mais abrangentes bases de dados acadêmicas, como EBSCO, Proquest e Google Scholar, e os mais recentes artigos de revistas de negócios, como Exame, Isto É Dinheiro, The Economist e Businessweek, jornais como Valor Econômico, The Wall Street Journal e Financial Times e, evidentemente, websites com as últimas tendências tecnológicas, como MIT Technology Review.

Também procurei ouvir atentamente as centenas de alunos, colegas professores, pesquisadores e, acima de tudo, os executivos com quem tenho interagido em cursos, seminários, congressos e trabalhos de consultoria a fim de identificar quais são e serão os temas mais relevantes atualmente e no futuro para os gestores que encaram a difícil tarefa de gerenciar as cadeias globais de suprimentos.

Muitos dos livros na área de gestão de cadeias de suprimentos disponíveis até hoje no mercado têm-me parecido parciais e desbalanceados nas suas abordagens, fazendo com que o aprendizado do leitor também resulte parcial e desbalanceado. Procurei, neste livro, usar esse aprendizado e balanceá-lo, tanto quanto pude, entre:

  • as abordagens estratégica e operacional;
  • as abordagens acadêmica (teoria) e prática (aplicação);
  • os aspectos sociais e técnicos;
  • as abordagens quantitativas e qualitativas;
  • os casos globais e brasileiros;
  • as cadeias de produtos físicos e de serviços; e
  • as cadeias tradicionais e aquelas da Indústria 4.0.

Também procurei incluir no livro temas correntes com a ênfase que merecem, nem sempre presentes nos livros até hoje disponíveis:

  • governança da cadeia de suprimentos;
  • ética e aspectos culturais na gestão de cadeias globais;
  • gestão de risco;
  • cadeias de ciclo fechado e logística reversa;
  • sustentabilidade;
  • negociação;
  • avaliação de desempenho;
  • modelos/contratos colaborativos e alinhamento de incentivos
  • abordagem lean para análise de processos; e
  • a Indústria 4.0 e as cadeias de suprimentos.

Este livro certamente se beneficiou da curva de aprendizado que percorri quando escrevi e coescrevi meus livros anteriores. Todos os capítulos se iniciam com os objetivos de aprendizagem e um caso de abertura que pretende apresentar o tema a ser tratado a partir da descrição de uma situação real de empresas de alta visibilidade e, ao final, a proposição de algumas perguntas a fim de provocar a curiosidade do leitor.

Resenha: Administração de cadeias de suprimentos e logística

Os temas são então desenvolvidos, e numerosos itens (boxes, provocações, seções “para refletir”, “saiba mais” etc., entre outros) ilustram ou complementam os conceitos apresentados – a maioria pode ser usada em aula como mini-casos, já que apresenta situações reais e, ao final, perguntas que desafiam o leitor a ir além da mera leitura, integrando os conceitos estudados às situações apresentadas. Todos os capítulos também são fechados com um minicaso, com intuito de possibilitar que os leitores exercitem a aplicação dos temas tratados num exercício integrativo baseado numa situação real e corrente.

Ao final de cada capítulo, também são apresentados: o resumo do capítulo, uma lista completa das referências bibliográficas citadas, uma lista de sugestões para leituras adicionais, numerosas questões para discussão, atividades para sala de aula, aplicação e checagem de aprendizado, uma lista de exercícios numéricos, quando aplicável, e uma lista comentada de websites relacionados ao tema tratado.

O livro é estruturado em 12 capítulos. O Capítulo 1, “Introdução à administração de cadeias globais de suprimentos”, introduz o tema, discute o seu impacto financeiro na organização, demonstra sua importância crucial no mundo dos negócios, globalizado e dinâmico, de hoje, tipifica as cadeias de suprimentos e discute aspectos relevantes referentes à sua governança.

O Capítulo 2, “Gestão estratégica da cadeia global de suprimentos”, discute os aspectos estratégicos mais relevantes na gestão de cadeias: a adequação de modelos estratégicos alternativos de cadeia com as características dos mercados visados, a decisão de comprar ou fazer, a interação entre a função de projeto e a gestão da cadeia de suprimentos e os conceitos estratégicos de postergamento (postponement), padronização e customização em massa.

O Capítulo 3, “Gestão dos relacionamentos na cadeia global de suprimentos”, discute o aspecto essencial da gestão de cadeias, que é o relacionamento entre os parceiros: importância, construção e manutenção de confiança no relacionamento, negociação, definição e gestão do portfólio de relacionamentos com fornecedores (SRM), gestão do relacionamento e do serviço ao cliente (CRM) e os contratos e acordos de nível de serviço (SLA).

O Capítulo 4, “Gestão global de suprimentos (global sourcing)”, discute as estratégias, os processos e as estruturas organizacionais de compras e suprimentos, os desafios e oportunidades da terceirização global (global sourcing), do offshoring, os serviços compartilhados (shared services) e as importantes questões éticas, de responsabilidade social e de sustentabilidade relacionadas especificamente ao tema de compras e suprimentos globais.

O Capítulo 5, “Gestão de riscos na cadeia global de suprimentos”, analisa os tipos de risco aos quais as cadeias globais de suprimentos, cada vez mais complexas e interconectadas, estão sujeitas e discute as formas e ferramentas para gerenciar esses riscos. Isso inclui formas de quantificar e tratar a probabilidade de ocorrência e o potencial impacto de eventos de risco que podem afetar as cadeias, de forma a torná-las mais resilientes.

O Capítulo 6, “Avaliação de desempenho e alinhamento de incentivos na cadeia global de suprimentos”, discute como avaliar desempenho em cadeias de suprimentos com três objetivos em mente: prover os mecanismos de aferir progresso no desempenho da cadeia, permitir exercícios de benchmarking e prover alinhamento de incentivos entre os parceiros da cadeia, usando o fato de que os sistemas de avaliação de desempenho podem ser um poderoso instrumento de indução de comportamento e, portanto, um poderoso elemento no exercício da governança nas cadeias.

O Capítulo 7, “Mapeamento e análise de processos na cadeia global de suprimentos”, descreve os principais e mais correntes conceitos, modelos (como o modelo SCOR) e ferramentas para análise para melhoramento de processos em cadeias globais de suprimentos. São descritas também as ferramentas mais tradicionais, mas, mais importante, é descrito em detalhes o value stream mapping, a principal ferramenta hoje em dia usada para análise de processos em cadeias, dentro da filosofia lean, também descrita e discutida.

O Capítulo 8, “Gestão de demanda na cadeia global de suprimentos”, analisa e descreve os principais conceitos e técnicas usadas na tentativa das cadeias de suprimentos de reduzir a incerteza e a variabilidade das demandas percebidas pelos vários parceiros na cadeia. Com esse intuito, são discutidas as principais técnicas quantitativas e qualitativas para previsão e suavização da demanda, o CPFR e o importantíssimo efeito chicote (ou bullwhip effect), um problema que afeta a maioria das cadeias, assim como as suas causas e soluções possíveis.

O Capítulo 9, “Gestão e coordenação de estoques na cadeia global de suprimentos”, discute tanto as técnicas mais relevantes de gestão de estoques como as principais formas e técnicas para obtenção de coordenação entre as decisões sobre estoques dos parceiros da cadeia, tanto para sistemas puxados como para sistemas empurrados de gestão de fluxo, tanto para itens com demanda dependente como independente. Aqui são analisados conceitos contemporâneos, como o VMI, o VOI (consignação), o DRP e a coordenação estilo just in time/lean.

O Capítulo 10, “Gestão da logística em cadeias globais de suprimentos”, discute importantes aspectos logísticos envolvidos na gestão de cadeias de suprimentos: centralização versus descentralização, localização, papel estratégico e operacional de unidades logísticas (fábricas e armazéns) e gestão de transportes na cadeia. São também discutidas as mais modernas alternativas de configuração logística para cadeias de suprimentos, incluindo cadeias escalonadas, milk run e cross-docking, além do uso de operadores logísticos (3PL).

O Capítulo 11, “Logística reversa e sustentabilidade na cadeia global de suprimentos”, discute o importante conceito de sustentabilidade nas cadeias de suprimentos e os relacionados temas de logística reversa e cadeias de suprimentos de ciclo fechado (como reutilização, reprocessamento e reciclagem), incluindo os aspectos empresariais, econômicos, técnicos e operacionais envolvidos na sua justificação e potencial uso.

Finalmente, o Capítulo 12, “Indústria 4.0 e suas implicações para as cadeias globais de suprimentos”, em primeiro lugar, apresenta um apanhado histórico da área, depois descreve as novas tecnologias que compõem a Indústria 4.0 e a seguir discute em detalhes as implicações dessas tecnologias, incluindo blockchain, para a gestão de cadeias de abastecimento.

Espero que o(a) leitor(a) aprecie este livro e que seja de auxílio no aprofundamento do entendimento e das discussões sobre esse importante tópico da gestão empresarial contemporânea. Comentários e críticas construtivas são, como de costume, sempre muito bem-vindos.

Henrique L. Corrêa, Ph.D

Recursos didáticos

 

A estrutura deste livro foi pensada para facilitar a consulta e o estudo, apresentando as seguintes seções:

  • Objetivos de aprendizagem: apresenta um resumo do que o leitor deverá ter aprendido ao finalizar o estudo de cada capítulo.
  • Introdução: com um exemplo atual, prepara o leitor para iniciar o estudo do capítulo e mostra como o tema se insere no cotidiano.
  • Conceitos: de forma clara e gradativa, expõe a teoria. Tabelas e figuras ajudam a organizar as informações.
  • Estudo de caso: discute uma situação prática e propõe questões que estimulam o leitor a trabalhar com os conceitos estudados.
  • Resumo: organizado em tópicos, relembra os principais conceitos abordados no capítulo.
  • Exercícios: propõe questões dissertativas e numéricas que testam o conhecimento do leitor.
  • Atividades para sala de aula: sugere atividades para trabalhar os conceitos em aula.
  • Referências: lista as obras citadas no capítulo.
  • Leituras adicionais recomendadas: indica obras e sites para o leitor se aprofundar no estudo do tema.

Os recursos didáticos complementam o conteúdo e tornam as informações mais acessíveis, facilitando o aprendizado. Este livro conta com os seguintes recursos:

Resenha: Administração de cadeias de suprimentos e logística

Material suplementar

 

Para facilitar o aprendizado, este livro conta com videoaulas do autor. As videoaulas abordam os seguintes temas:

  • Introdução às cadeias de suprimentos.
  • Produtos, serviços e servitização.
  • Gestão de risco em cadeias de suprimentos.
  • A importância do alinhamento de incentivos na cadeia de suprimentos.
  • O efeito chicote em cadeias de suprimentos e suas soluções.
  • Previsão de vendas no médio prazo: método de decomposição.
  • Gestão de estoques: demanda dependente.
  • Gestão de estoques: demanda independente.
  • Sustentabilidade em cadeias de suprimentos.
  • Indústria 4.0 e as cadeias de suprimentos.

O acesso às videoaulas é gratuito para quem adquirir a obra mediante o código de acesso que acompanha o livro. Basta que o leitor siga as instruções apresentadas na orelha da obra.Para complementar o estudo, o autor sugere que o leitor assista a alguns vídeos e visite diversos sites. Para acessá-los por meio dos QR Codes, é necessário ter um leitor de QR Code instalado no smartphone ou tablet e posicionar a câmera sobre o código. Também é possível acessar o conteúdo por meio da URL que aparece abaixo do código.

O livro conta com os seguintes materiais suplementares:

Slides (restrito a docentes);

Manual do Professor (restrito a docentes);

Ementa – sugestão de programa (restrito a docentes).

O acesso aos materiais suplementares é gratuito. Basta que o leitor se cadastre em nosso site (www.grupogen.com.br), faça seu login e clique em GEN-IO, no menu superior do lado direito.É rápido e fácil.

Gostou de saber mais sobre o livro? Então não se esqueça de assinar nossa Newsletter para receber dicas no seu e-mail!

LEIA TAMBÉM

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • GEN.N&G
    GEN.N&G

    O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é um portal independente criado com o objetivo de fornecer conteúdo de autores renomados nas áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Educação e Finanças. Desta forma, estudantes, professores e profissionais encontrarão no portal uma fonte de conhecimento. As publicações são compostas por artigos, notícias, entrevistas, e diversos conteúdos para atualização acadêmica e profissional. O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é uma iniciativa da Editora Atlas - GEN | Grupo Editorial Nacional.