18 de janeiro de 2021

Resenha: Processos Organizacionais e Métodos

por Tadeu Cruz

Excelente contribuição para atualizar a abordagem e os novos paradigmas de Organização e Métodos (O&M), este livro apresenta a evolução das práticas existentes na área, agora orientadas a processos de negócios, e discorre, de maneira didática, sobre como a O&M era exercida anteriormente e sua atual configuração.

Embasado na longa experiência profissional e acadêmica do autor, Processos organizacionais e métodos mostra como é possível as empresas se beneficiarem dessa evolução para atingir níveis de excelência jamais alcançados, o que é factível, por exemplo, mediante o uso assertivo da tecnologia de informação, componente fundamental da administração atual, assim como da Metodologia DOMPTM, desenvolvida e testada pelo autor há mais de 30 anos, com ampla abordagem para mapeamento, modelagem e suporte ao gerenciamento de processos de negócios.

Também são analisados temas atuais, como:

  • Novas tecnologias para reengenharia de processos.
  • Novos suportes aos novos fluxos da informação.
  • Novas estruturas organizacionais.
  • Novos paradigmas na arte de produzir bens e serviços.

Aplicação do livro Processos Organizacionais e Métodos

 
Resenha: Processos Organizacionais e Métodos

Livro-texto para as disciplinas Organização & Métodos, Sistemas Administrativos, Sistemas de Informações Gerenciais e Processos Organizacionais dos cursos de Administração de Empresas, Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Engenharia de Produção e afins. Leitura complementar para a disciplina Teoria Geral da Administração. Leitura de atualização profissional para executivos e consultores.

Clique aqui para saber mais sobre o livro!

Prefácio da obra

 
Durante muito tempo, as empresas tiveram Organização Métodos como um departamento separado em suas estruturas, geralmente como uma gerência subordinada a algum diretor. No entanto, o tempo foi paulatinamente acabando com aquele império. Dia após dia, a “caixinha” com as letras O M foi deixando de existir nos organogramas das empresas, e o pior é que não houve ninguém que se dispusesse a defender sua existência. O que terá acontecido?

O mundo evoluiu e O M deixou de existir na forma como a praticávamos, ou, melhor dizendo, na forma como a maioria não a praticava. Parece paradoxal, mas não é. No decorrer do livro, você vai entender o porquê.

Na década de 1990, a mais prestigiosa escola de Administração do mundo, a Wharton, fez uma reengenharia nos conteúdos programáticos de seus cursos, a fim de adequá-los aos novos tempos. Na verdade, ela foi uma das primeiras escolas de administração a se preocupar em ter cursos que refletissem as necessidades dos profissionais que estavam sendo formados em face das expectativas das empresas que iriam contratá-los depois.

Durante mais de quatro anos, na década de 2000, dei aulas no curso de Engenharia de Produção da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e somente durante esse tempo os alunos do sétimo período tiveram uma disciplina que lhes ensinou mapeamento, análise, modelagem, implantação e gerenciamento de processos de negócio e uma metodologia para fazê-lo, a Metodologia DOMP™, criada por mim há mais de 30 anos.

Meu interesse principal neste livro é expor duas faces de uma mesma moeda, ou seja, como a O M era praticada e no que ela se transformou. Com isso, espero contribuir para que o nosso pensamento crítico possa ser despertado e exercitado, o que, sem dúvida, será de inestimável ajuda na nossa vida profissional.

Quero começar formulando as seguintes perguntas:

  • Você sabe o que é O M? Sim, com o verbo no presente, porque O M está mais viva do que nunca,
    uma vez que sem organização e métodos não há como trabalharmos processos de negócio.
  • Quem se lembra do departamento de O M? Aquele que existiu nas décadas de 1970 e 1980?
  • Você sabe o que é O M atualmente? Ou sabe como O M é importante nos dias atuais?
  • Você conhece alguma empresa que tenha um departamento de O M?
  • O que substituiu Organização Métodos na empresa atual?

Seguindo a ordem acima, se suas respostas foram:

  • “Não sei”.
  • “Não me lembro”.
  • “Não sei”.
  • “Não conheço”.
  • “Nunca ouvi falar”.

Você vai achar este livro muito útil.

Entretanto, se suas respostas foram diferentes das listadas, se você sabe o que foi ou é O M, conhece alguma empresa que ainda tenha um departamento de O M, acha que O M não morreu e que jamais será substituída por qualquer outra prática, então você terá neste livro material para aprofundar seus conhecimentos e, se não aceitar as ideias aqui contidas, poder polemizar com maior conhecimento de outras visões a respeito do assunto.

Com este livro, espero contribuir para atualizar a abordagem nas cadeiras de O M que ainda existem nas grades curriculares e fornecer subsídios para as de Análise de Processos, nos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Engenharia de Produção e afins, nem sempre atinados com o que se passa no mundo real dos negócios.

O livro mostra a história da disciplina chamada O M, como ela evoluiu e como sobreviveu, “aos trancos e barrancos”, dentro das organizações e traz a evolução das práticas existentes em O M. Mostra, também, como as empresas “deram a volta por cima” e se beneficiaram das novas tecnologias para atingir níveis de excelência jamais alcançados antes. Veremos também como a ISO 9000, e agora a nova versão, a ISO 9001:2015, foram atualizadas para refletir, explicitamente, a orientação a processos de negócio.

A Tecnologia da Informação, componente fundamental na administração atual, é tratada neste livro como suporte aos processos de negócio, jamais como fim em si mesma, tal como era vista há alguns anos. Além disso, são analisados temas como a utilização das novas tecnologias para a reengenharia dos processos, os novos suportes aos novos fluxos da informação, as novas estruturas organizacionais e os novos paradigmas na arte de produzir bens e serviços.

Tecnologias da Informação entram no último capítulo do livro. É imperdoável um analista de processos não entender desse assunto. Para mim, é inconcebível, já que processos bem documentados são a base para o desenvolvimento de sistemas de informações, gerenciais ou operacionais, bem projetados, desenvolvidos e programados.

Um analista de sistemas (e um programador de sistemas muito mais) pode não entender de mapeamento, análise, modelagem e implantação dos processos de negócio, mas jamais um analista de processos pode ser ignorante sobre Tecnologias da Informação.

Independentemente do que possa dizer quem acha que Organização Métodos continua sendo praticada, e a despeito de ela ter ou não a mesma importância dentro do contexto evolucionário das organizações atuais, vamos colocar os pés no chão e tratar de tirar o melhor proveito possível da Organização Métodos como a conhecemos hoje e de como integrá-la a novas Tecnologias da Informação.

O principal objetivo deste livro, porém, é que ele sirva de texto básico para as cadeiras pertinentes dos cursos de graduação e pós-graduação de Administração de Empresas, Análise de Sistemas, Engenharia de Produção e afins e sirva também de leitura de atualização para todos os profissionais que queiram de alguma forma estar atualizados com processos de negócio e Tecnologias da Informação.

Mapeamento, análise, modelagem e implantação dos processos de negócio só se fazem com Método Organização.

Material Suplementar

Para leitores

  • Planilha para criação do Gráfico de controle.

Para docentes

  • Sugestões de respostas às Questões (restrito a docentes cadastrados).

O acesso ao material suplementar é gratuito. Basta que o leitor se cadastre e faça seu login em nosso site (www.grupogen.com.br), clicando em GEN-IO, no menu superior do lado direito. O acesso ao material suplementar online fica disponível até seis meses após a edição do livro ser retirada do mercado. Caso haja alguma mudança no sistema ou dificuldade de acesso, entre em contato conosco (gendigital@grupogen.com.br).

Leia uma amostra de páginas de Processos Organizacionais e Métodos

 
Tadeu Cruz | Processos Organizacionais e Métodos

Sobre o autor

 
Tadeu Cruz

É graduado em Filosofia e em Administração de Empresas pela Universidade São Marcos. Tem especialização em System Software e em Data Communication Software pelo Cologne International Training Centre, Alemanha. Ainda na área tecnológica, cursou especialização em System Engineering pela Hewlett-Packard Mexico. É mestre em Engenharia de Produção – Pesquisa Operacional e Gerência da Produção pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe-UFRJ). Trabalhou como consultor de Tecnologia de Informação e de Gerência de Processos e Projetos em países como Alemanha, Angola, Argentina, Chile, Estados Unidos, Moçambique, Paraguai, Uruguai e Venezuela. É ex-professor da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, curso de Engenharia de Produção, e criador da Metodologia DOMP™ para mapeamento, análise, modelagem, implantação e gerenciamento de processos de negócio, utilizada em dezenas de empresas em diversos países e referenciada em centenas de trabalhos acadêmicos. É autor de mais de 30 livros técnicos, entre os quais se destacam Manual de planejamento estratégico, Manual de técnicas administrativas e Sistemas de informações gerenciais e operacionais, recentemente publicados pelo GEN | Atlas.

newsletter

LEIA TAMBÉM

 

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Tadeu Cruz
    Tadeu Cruz

    É Graduado em Administração de Empresas e em Filosofia pela Universidade São Marcos (1982). Especializado em System Software e em Data Communication Software pelo Cologne International Training Centre (Colônia, Alemanha) (1980). Especializado em System Engineering pela Hewlett Packard de México (1987). Mestre em Engenharia de Produção – Pesquisa Operacionale Gerência da Produção pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE-UFRJ) (2005). Professor de diversas universidades em cursos de graduação e pós-graduação. Ex-professor do curso de Engenharia de Produção da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Autor de 25 livros técnicos (3 em coautoria, sendo 1 em inglês), 6 livros de poesias e 1 livro de contos. Participou de mais de 140 cursos de extensão e especialização na Itália, França, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Argentina e México. Possui 43 anos de vivência e experiência em Tecnologia da Informação e da Comunicação, e 33 anos de vivência e de experiência em Qualidade e Desenvolvimento Organizacional. Trabalhou como consultor de Tecnologia de Informação e da Comunicação e de Gerência de Processos e Projetos no Uruguai, Chile, Argentina, Alemanha, Angola, Moçambique, Paraguai, Venezuela e Estados Unidos. Criador da Metodologia DOMP™ para mapeamento, análise, modelagem, implantação e gerenciamento de processos de negócio, utilizada em empresas localizadas em vários países e referenciada em dezenas de trabalhos acadêmicos.