4 de março de 2021

Resenha: Teoria da Contabilidade

por GEN.N&G

Nos últimos anos, tem havido grandes mudanças na Contabilidade, reflexo da convergência das normas, do desenvolvimento do mercado de capitais, da ampliação das pesquisas acadêmicas e dos cursos de graduação e pós-graduação, do fortalecimento do Iasb e do CPC, entre outros aspectos. Isso tem influenciado a forma como entendemos e aplicamos a teoria.

A obra Teoria da Contabilidade é inovadora por incorporar essas mudanças estruturais no seu conteúdo, apresentando não somente os aspectos conceituais, mas também as consequências em situações práticas. Além de estudar as principais conceituações contábeis (ativo, passivo, patrimônio líquido e resultado), o livro apresenta a questão da normatização contábil, tanto sob o enfoque das normas nacionais quanto das normas internacionais e do Fasb, além de capítulos específicos sobre leasing, contabilidade governamental e contabilidade do terceiro setor.

Esta 4a edição traz uma profunda alteração em relação às edições anteriores, com novos capítulos e atualizações relacionadas com as recentes mudanças ocorridas na Contabilidade. Ao final de cada capítulo, novos exercícios foram acrescentados.

Clique aqui para saber mais sobre o livro!

Apresentação do livro Teoria da Contabilidade

 
Estamos observando um momento de transição no estudo da teoria contábil. Essa mudança é refletida na ênfase cada vez maior dada à teoria e às normas contábeis. Isso representa uma revolução na forma como pensamos a teoria contábil. Não se trata, hoje, de um assunto filosófico, longe da realidade, em que a discussão estaria focada em terminologias e correntes de pensamento.

Vivemos uma teoria contábil muito próxima da prática contábil, sendo os problemas reais analisados e discutidos. Além disso, estamos assistindo a uma grande discussão sobre temas como convergências de normas contábeis, padronização, aplicação da Contabilidade em setores específicos, entre outros. Ao mesmo tempo, esse conhecimento tem sido influenciado pela pesquisa realizada na área de Contabilidade, em especial a pesquisa empírica e positiva.

O presente livro é um reflexo disso. Seu surgimento, há mais de dez anos, nasceu da insatisfação dos autores com as obras existentes. O leitor, provavelmente, irá notar que inovamos em vários tópicos em relação aos livros existentes em língua portuguesa.

Em todo capítulo, apresentamos os aspectos conceituais mais relevantes, diversas situações práticas nas quais é possível usar esses aspectos. Também fizemos ligação com as normas contábeis emanadas dos normatizadores. Os exercícios propostos, no final de cada capítulo, são a comprovação de que o melhor teste para uma teoria é a prática.

Essa opção pela utilização de exemplos atuais para discutir a teoria tem duas justificativas. Em primeiro lugar, mostra que a teoria contábil não está separada do dia a dia da Contabilidade; pelo contrário, a teoria influencia e é influenciada pela prática contábil. Em segundo lugar, o uso de exemplos é uma forma didática de atrair o leitor para a importância dos assuntos tratados nesta obra.

Resenha: Teoria da Contabilidade

Enquanto preparávamos esta nova edição, cerca de cinco anos depois da terceira, muitas coisas aconteceram. O International Accounting Standards Board (Iasb) lançou uma nova estrutura conceitual, ao mesmo tempo em que o Financial Accounting Standards Board (Fasb) fazia alterações na sua estrutura e o Brasil tentava implementar uma contabilidade pública mais avançada. E novos problemas surgiram no mundo, como a criptomoeda e a popularização do celular.

O público-alvo do livro é representado por alunos de Ciências Contábeis. Por esse motivo, em algumas passagens preferimos ser mais didáticos, reduzindo a complexidade de certos assuntos. Entretanto, a obra também pode ser usada em cursos de especialização, principalmente por um público que esteja há muito tempo afastado da sala de aula. Também acreditamos que o livro possa ser um ponto inicial de discussão em cursos de mestrado.

Esta obra, na sua quarta edição, se beneficiou de comentários, críticas e sugestões de inúmeras pessoas. Além daquelas citadas nas edições anteriores, contamos com críticas e sugestões dos amigos Isabel Sales, Jomar Rodrigues, Josimar Pires da Silva, Lúcio Tozetti, Paulo Vitor Souza, Pedro Correia, Polyana Silva, Tiago Mota e Valdemir da Silva, aqui listados em ordem alfabética. E dos alunos do curso de extensão de Teoria da Contabilidade, que, em janeiro de 2018, discutiram a nova estrutura deste livro, além dos leitores, como Camila Christine dos Santos Silva, que alertou para um erro na edição anterior. Gostaríamos de agradecer a colaboração atenciosa da equipe responsável pela produção editorial do GEN, especialmente à Juliane Kaori Matsubayashi, pela leitura atenta dos originais e correções apontadas para melhoria no texto.

Esperamos que os docentes e os alunos que adotarem o livro gostem de sua metodologia e possam ajudar os autores a melhorá-lo. Além desta obra, estamos disponibilizando aos docentes o Manual do Mestre e um conjunto de slides sugeridos para usar em sala de aula.

Esta quarta edição traz alterações profundas. Já incorporamos aqui os aspectos que sofreram alteração com a nova estrutura conceitual do Iasb, aprovada no início de 2018. Incorporamos também a tradução feita pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), no final de 2019. Também alteramos todos os exercícios que concluem cada capítulo, o que representa uma atualização das discussões. A seção sobre pesquisa, que existia no final dos capítulos, foi suprimida. O volume de pesquisas existentes em cada tópico é cada vez maior, tornando difícil para os autores manter esse ponto de forma adequada e justa. Optamos por inserir no final de cada capítulo, quando couber, um tema emergente.

No Capítulo 1, deixamos clara a diferença entre regulação e padronização, optando por usar o primeiro termo. Discutimos também o texto como informação, já que esta é uma área que tem sido objeto de análise e atenção da teoria. E incluímos o princípio da evidenciação plena.

No Capítulo 2, fizemos uma atualização abarcando as mudanças recentes na estrutura do Iasb. Em razão dos rumos da convergência internacional das normas contábeis, o Capítulo 3 foi alterado e atualizado. O resultado é um capítulo mais enxuto em relação às edições anteriores. O Capítulo 4 apresenta agora uma breve história da contabilidade brasileira. Esse era um tema que faltava na nossa literatura.

O Capítulo 5 é novo e trabalha a questão da estrutura conceitual. Começa descrevendo as premissas básicas da Contabilidade. O capítulo discute as vantagens e desvantagens de se ter uma estrutura conceitual, assim como as razões que levam a mudanças nessa estrutura. Um aspecto específico da estrutura, a questão da prudência, é objeto de discussão. O capítulo se encerra contemplando o papel do CPC na Contabilidade brasileira.

O Capítulo 6 reúne material novo sobre a teoria da mensuração, além de apresentar, de maneira mais resumida, a questão da inflação. Assim, a discussão sobre mensuração, que constava no capítulo sobre o ativo, passa a compor este capítulo.

O Capítulo 7, que trata do ativo, foi atualizado com as novas definições da estrutura conceitual de 2018 e inclui uma discussão sobre desreconhecimento. Os temas “intangível” e “recuperabilidade” foram agregados a esse capítulo. A discussão sobre a relevância da incerteza e da probabilidade foi expandida nesta nova edição. Também discutimos o problema da primazia conceitual dos termos ativo e passivo. Ao final do capítulo, iniciamos uma discussão sobre ativos virtuais.

O Capítulo 8 é resultado da junção dos antigos capítulos de passivo e patrimônio líquido. A experiência didática revelou que não existia necessidade de um capítulo específico para o patrimônio líquido e, por esse motivo, os autores optaram por tal medida.

No Capítulo 9, incorporamos a discussão sobre reconhecimento da receita de incorporadoras e inserimos um texto sobre a qualidade do lucro.

O Capítulo 10, sobre o setor público, foi reformulado, com a inclusão de uma abordagem histórica e os avanços recentes na área, incluindo a convergência das normas internacionais no Brasil e a abordagem conceitual da International Federation of Accountants (Ifac), baseada na abordagem do Iasb. Também melhoramos a abordagem histórica do capítulo.

No Capítulo 11, que discorre sobre o terceiro setor, fizemos pequenas atualizações. Finalmente, o Capítulo 12, sobre leasing, foi reformulado diante das novas normas. A elaboração desse capítulo contou com a participação da pesquisadora Nyalle Barboza Matos.

Material suplementar

 

Este livro conta com os seguintes materiais suplementares:

• Slides (restrito a docentes);
• Manual do Mestre (restrito a docentes).

O acesso ao material suplementar é gratuito. Basta que o leitor se cadastre e faça seu login em nosso site (www.grupogen.com.br), clicando em GEN-IO, no menu superior do lado direito.

O acesso ao material suplementar online fica disponível até seis meses após a edição do livro ser retirada do mercado.

Caso haja alguma mudança no sistema ou dificuldade de acesso, entre em contato conosco (gendigital@grupogen.com.br).

Leia uma amostra de páginas de Teoria da Contabilidade:

 

Jorge Katsumi Niyama e César Augusto Tibúrcio Silva | Teoria da Contabilidade

Sobre os autores

 
Jorge Katsumi Niyama

Contador, Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP), com pós-doutorado em Contabilidade Internacional pela Universidade de Otago (Nova Zelândia). Professor titular da Universidade de Brasília (UnB). Autor de Teoria avançada da contabilidade e coautor de Contabilidade para concursos e exame de suficiência, publicados pelo GEN | Atlas.

César Augusto Tibúrcio Silva

Contador, Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP), professor titular da Universidade de Brasília (UnB). Coautor de Administração do capital de giro, Curso prático de contabilidade e Contabilidade para concursos e exame de suficiência, publicados pelo GEN | Atlas.

newsletter

LEIA TAMBÉM

 

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • GEN.N&G
    GEN.N&G

    O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é um portal independente criado com o objetivo de fornecer conteúdo de autores renomados nas áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Educação e Finanças. Desta forma, estudantes, professores e profissionais encontrarão no portal uma fonte de conhecimento. As publicações são compostas por artigos, notícias, entrevistas, e diversos conteúdos para atualização acadêmica e profissional. O GEN.NEGÓCIOS & GESTÃO é uma iniciativa da Editora Atlas - GEN | Grupo Editorial Nacional.