13 de dezembro de 2019

Estudo aponta cinco tendências e desafios para o marketing em 2020

por Sandra R. Turchi

Desempenho, transparência e propósito deverão nortear as iniciativas de marketing em 2020, segundo um relatório produzido pela GoAd Media, uma rede de jornalistas, pesquisadores, designers e planejadores que estuda e analisa as relações entre marcas e pessoas no contexto da inovação. Confira cinco tendências e desafios para o marketing em 2020:

Estudo aponta cinco tendências e desafios para o marketing em 2020

 
O estudo foi feito a partir de tendências apontadas em grandes festivais de comunicação ao longo de 2019, como Cannes Lions, SxSw, DM.exco e WebSummit. Além disso, a GoAd realizou 50 entrevistas com executivos da área, dentro e fora do Brasil.

Uma das conclusões é que os consumidores exigirão cada vez mais transparência das marcas e respeito à privacidade. Além disso, o propósito e o impacto de uma empresa na sociedade vão influenciar diretamente a escolha do cliente pela marca.

“Propósito gera consistência para as marcas se comunicarem com seus públicos. Por meio dele, é possível orientar investimentos, definir causas e se comunicar de forma mais efetiva e verdadeira”, declarou José Saad Neto, diretor de conteúdo da GoAd. “A transparência, por sua vez, deve guiar as relações, acordos comerciais e a comunicação, principalmente no que se refere à coleta e ao uso dos dados das pessoas.”

Em resumo, o centro do negócio e o motor de todas as estratégias e ações de marketing das companhias serão a experiência oferecida ao consumidor.

O relatório aponta cinco tendências e desafios para os departamentos de marketing das empresas em 2020:

1. Retomada da relevância

 
Um dos maiores desafios será retomar a relevância da área dentro das empresas. Em 2019, companhias de diferentes setores, como Jonhson & Jonhson, Hyatt e Uber, extinguiram o cargo de diretor e vice-presidente de marketing (os “chief marketing officer”, ou CMO, em inglês). As funções desses cargos têm sido acumuladas por outros, mais abrangentes, que envolvem, por exemplo, desenvolvimento de produtos e atividades comerciais. O marketing tem passado a ser chamado de “growth” (crescimento, em inglês).

2. Criação de grupos multidisciplinares internos

 
Marcas como Coca-Cola, GM, Itaú e Nestlé já estão trabalhando com estruturas internas de mídia para que a distribuição de conteúdo e as respostas aos consumidores sejam feitas mais rapidamente. Em 2020, a tendência será a criação de grupos multidisciplinares internos para cuidar de projetos e objetivos específicos, com a colaboração de profissionais de diversos perfis. Esses grupos são chamados de “hubs” (núcleos) e “squads” (pelotões).

3. Colocar o consumidor no centro

 
Ações de patrocínio, campanhas tradicionais e iniciativas no meio digital estarão cada vez mais conectadas e girarão em torno de um único foco: o cliente. Essa postura implica em criar produtos e serviços cada vez mais personalizados, em larga escala, com a ajuda da inteligência de dados. As empresas deverão buscar excelência no atendimento em todos tipos de contato com o cliente.

4. Fazer parcerias com startups para inovação

 
Costuma ser mais difícil inovar dentro de empresas tradicionais por causa dos custos e da cultura organizacional dessas companhias. Por isto, em 2020, startups e empresas externas deverão acelerar os processos de inovação nas empresas tradicionais. Ambev, Bradesco, Coca-Cola e Visa são algumas das que já estão trilhando esse caminho.

5. Automatizar mais processos

 
A robotização de processos é um caminho sem volta. No marketing, a inteligência artificial permitirá automatizar tarefas e ajudar a detectar anomalias nos processos. Com isso, ajustes poderão ser feitos mais rapidamente. Além disso, a inteligência artificial possibilita a “hiperpersonalização” em larga escala, permitindo que a empresa entregue a mensagem certa, para a pessoa certa, no momento certo.

FONTE: UOL Mídia e Marketing

Mais conteúdo no livro Estratégias de Marketing Digital e e-commerce
LEIA TAMBÉM:

 

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sandra R. Turchi
    Sandra R. Turchi

    É sócia-fundadora da Digitalents, empresa de Consultoria, Treinamentos e Talentos (hunting, coaching e outsourcing) focada no universo digital. Administradora de empresas formada pela FEA-USP, pós-graduada pela FGV-EAESP e MBA pela Business School SP e Toronto University. Também cursou empreendedorismo na Babson College. Foi executiva de marketing por mais de 20 anos nos setores de Varejo, Financeiro, Educacional e de Serviços em empresas como Lojas Arapuã, Grupo Zogbi, Finasa-Bradesco, FGV, Associação Comercial de SP e Boa Vista Serviços. Eleita um dos professores de marketing mais influentes nas mídias sociais no mundo pela revista SM Magazine. Leciona nos MBAs em Marketing Digital da FGV, FIA, Saint Paul, entre outras instituições. Coordenadora dos cursos de extensão em Marketing Digital e Mídias Sociais na ESPM-SP desde 2008. Articulista de diversos veículos, como revistas e portais, no Brasil e na Europa.