27 de novembro de 2019

Teste seus conhecimentos sobre Demonstração do Resultado (do Exercício e Abrangente)

por José Carlos Marion

Em se tratando da Lei nº 6.404/76, a definição do conteúdo da Demonstração do Resultado do Exercício apresenta essa Demonstração de Resultado pela forma dedutiva, ou seja, pela forma vertical, com detalhes necessários das receitas, das despesas, dos ganhos e das perdas, mostrando, de maneira clara, o lucro ou prejuízo líquido do exercício. Além desses detalhes, há de se demonstrar também o lucro da empresa por ação, sem que se confunda com a conta de Lucros Acumulados, em que é executada a distribuição ou a alocação do resultado.

Na prática o resultado abrangente visa apresentar os ajustes efetuados no Patrimônio Líquido como se fosse um lucro da empresa, por exemplo, a conta de ajuste da avaliação patrimonial registra as modificações de ativos e passivos a valor justo, que pelo princípio da competência não entram na DRE, no entanto, no lucro abrangente estas variações serão computadas, a fim de apresentar o lucro o mais próximo da realidade econômica da empresa.

Já, em se tratando do Pronunciamento Técnico CPC 26 – Apresentação das Demonstrações Contábeis, aprovado pelo Conselho Federal de Contabilidade, estabelece que o lucro abrangente seja calculado a partir do lucro líquido apurado na DRE; assim, a demonstração do resultado abrangente deve, no mínimo, incluir as seguintes rubricas:

1. Resultado líquido do período;
2. Cada item dos outros resultados abrangentes classificados conforme sua natureza;
3. Parcela dos outros resultados abrangentes de empresas investidas reconhecida por meio do método de equivalência patrimonial; e
4. Resultado abrangente do período.

Segundo o pronunciamento do CPC, a apresentação do resultado abrangente deve ser feita separada da DRE. No entanto, considerando que, no Brasil, a demonstração das mutações do patrimônio líquido é obrigatória para as companhias abertas, existe ainda a possibilidade de a apresentação da demonstração do resultado abrangente aparecer como parte da DMPL.

A própria regulamentação emitida pelo CPC autoriza tal publicação quando diz que: “A demonstração do resultado abrangente pode ser apresentada em quadro demonstrativo próprio ou dentro das mutações do patrimônio líquido.”

Entretanto, a entidade deve divulgar o montante do efeito tributário relativo a cada componente dos outros resultados abrangentes, incluindo os ajustes de reclassificação na demonstração do resultado abrangente ou nas notas explicativas.

Assim, os componentes dos outros resultados abrangentes podem ser apresentados:

• líquidos dos seus respectivos efeitos tributários; ou
• antes dos seus respectivos efeitos tributários, sendo apresentado em montante único o efeito tributário total relativo a esses componentes.

A entidade deve divulgar em notas explicativas os ajustes de reclassificação relativos a componentes dos outros resultados abrangentes.

Teste seus conhecimentos sobre Demonstração do Resultado (do Exercício e Abrangente)

 

Aproveite para responder o quiz abaixo e teste seus conhecimentos sobre o tema!

 

Gostou do testar seus conhecimentos sobre Demonstração do Resultado (do Exercício e Abrangente)? Então não se esqueça de assinar nossa Newsletter para receber dicas no seu e-mail!

Aproveite e conheça também o livro Contabilidade Comercial:

Mais conteúdo no livro Contabilidade Comercial

 

LEIA TAMBÉM

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • José Carlos Marion
    José Carlos Marion

    É mestre, doutor e livre-docente em Contabilidade pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/ USP). É professor e pesquisador do Mestrado em Contabilidade na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Dentre os 29 livros publicados na área contábil, é autor de Contabilidade rural, Contabilidade empresarial e Contabilidade básica e coautor de Curso de contabilidade para não contadores, Contabilidade avançada, Introdução à teoria da contabilidade, Contabilidade comercial, Administração de custos na agropecuária, Manual de contabilidade para pequenas e médias empresas, Contabilidade geral para concurso público, Contabilidade da pecuária e Normas e práticas contábeis, publicados pelo GEN | Atlas.